Grávida pode usar unha de gel?

Grávida pode usar unha de gel?

Entenda como funciona a unha e a relação com o produtos

Muito se fala sobre esse assunto e fica a dúvida… Será que seria prejudicial? Afinal desde a preparação da unha até o gel utiliza-se produtos químicos e além do mais para secagem do gel é necessário a radiação de luz UV ou LED.
Não há estudos que comprovem sobre a utilização do gel na gravidez, mas vamos analisar o que já temos de conteúdo, gostaria de lhe convidar para avaliar este “anexo” da epiderme que são as unhas e sobre a irradiação de ondas UV/LED.
Primeiro temos que entender um pouquinho sobre CAMADA, existe a camada dorsal que é a mais superficial (onde há contato com gel), e a camada basal/ventral (camada mais profunda que tem contato com a epiderme (camada mais superficial da nossa PELE).
A lâmina da unha é composta por três camadas: uma camada interna macia (a unha ventral), uma camada intermediária de queratina dura e a camada mais externa (unha dorsal). Assim, o que parece simples aos olhos pode ter uma estrutura microscópica complexa. As camadas da lâmina da unha são achatadas e compostas por uma massa relativamente elástica de células paralelas queratinizadas e fundidas, os onicócitos.

Um estudo publicado numa revista médica de dermatologia (no Journal of Investigative Dermatology), elaborado por uma equipe americana, revelou que o risco de desenvolver câncer de pele com a exposição às lâmpadas UV utilizadas para secar o gel das unhas é mínimo. Segundo os investigadores, seriam necessárias 13000 a 40000 sessões de manicure (o que equivale a 250 anos de sessões semanais) para aumentar o risco de desenvolver câncer. Ainda assim, mesmo com esta exposição, o risco seria muito baixo.

Será que a cabine é segura? 🌀
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Sim, porque ela emite comprimentos de onda UVA, esse é o comprimento de onda menos energético da radiação UV, esse tipo de radiação não é ionizante. Cerca de 50% da emissão é filtrada. Através de estudos científicos, foi comprovado que a emissão da cabine é 11x mais segura que o Sol das 15h e 3x mais segura que o Sol das 12h. O tempo de exposição para cliente é mínimo para causar qualquer efeito.

Conclusão: Os produtos químicos utilizados no procedimento de alongamento artificial tem contato com a área superficial da unha, o que nem chega a tocar na epiderme (camada mais superficial da pele), e a luz de LED ou UV não tem a potência e nem tempo de ação suficiente para causar qualquer dano ao organismo.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba as últimas atualizações

Assine nossa newsletter semanal

Redes Sociais